No ano de 2014, foram realizados dois seminários sobre pedofilia, organizados pela associação entre o Sieeesp e a Alesco, os eventos aconteceram nos meses de Maio e Novembro, na cidade de São Paulo.

Participaram dos seminários, grandes nomes envolvidos em ações contra a violência infanto-juvenil, os quais representam personalidades atuantes no combate ao abuso sexual.

Um número expressivo de participantes ocuparam o anfiteatro do colégio Maria Imaculada e da sala de apresentação da sede do Sieeesp, representados por profissionais de diversas áreas, em especial de profissionais da educação, da saúde, da assistência social, coordenadores de projetos de combate à pedofilia e representantes da sociedade civil.

 

 

 

 

        

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Conheça a seguir alguns dos participantes e saiba mais sobre suas apresentações:

 

Sandra Oliveira e Beatriz Pucci: As educadoras e escritoras do livro, Monstro não se aproxima de criança, já em sua segunda edição, falaram sobre a pedofilia e sua abordagem na prática, mencionaram suas experiências como educadoras em relação às crianças e aos pais, e deram orientações fundamentais para prevenir os casos de abuso sexual de crianças e adolescentes.

 

 

 

 

 

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Andrea Freitas e Silvana Meneses, representantes da Alesco, falaram sobre o perfil do pedófilo e seu modus operandi, diferenciaram os tipos de abusadores sexuais, suas caraterísticas físicas e psíquicas, a forma como agem e escolhem suas vítimas, bem como o comportamento social e específico de molestadores não pedófilos e molestadores pedófilos.

A palestra chamou muita atenção e despertou o interesse dos participantes.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

 

 

Dr. Guilherme Zanina Schelb, mestre em Direito Constitucional e atualmente Procurador Regional da República, exerceu a função de Promotor de Justiça da Infância e Adolescência no Distrito Federal, de 1992 a 1995, sendo autor de diversas ações de combate e prevenção à violência e criminalidade infanto-juvenil.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Kátia Pereira, Presidente da Associação dos Terapeutas Florais do Estado de São Paulo-SPFLOR e Produtora dos florais Mãe Terra,apresentou a palestra Terapia Floral, prevenindo e superando a dor do abuso no indivíduo, na família e na comunidade.

Mostrou os tratamentos disponíveis e compartilhou de sua longa experiência no tratamento especializado, de vítimas de abuso sexual, através de relato de casos e dados sobre o sucesso das terapias florais.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Dra. Ancilla-Dei Vega Dias Baptista Giaconi – Delegada titular da 4ª Delegacia de Polícia de Repressão à Pedofilia, Casos e Estatísticas.

O objetivo da palestra foi apresentar a atuação da 4ª Delegacia de Repressão à Pedofilia nos crimes de pedofilia e cases dos trabalhos realizados.

 

 

 

Mariana da Silva Ferreira-Médica Legista da cidade de São Paulo, com atuação em atendimento às vítimas de abuso sexual, professora de graduação em Direito pela Universidade de Mogi das Cruzes e especializanda em Sexualidade Humana pela Universidade de São Paulo.